Agora é oficial! MEC confirma faculdade de medicina em Bauru

39415

O mistério da Educação divulgou nesta terça-feira (27) a lista das cidades e das instituições de ensino superior privadas que receberam a autorização para abrir 2,3 mil vagas em cursos de medicina. A lista incluiu 37 cidades, entre elas Bauru. O curso será oferecido pela Universidade Nove de Julho.

A partir desta quarta-feira, até o dia 11 de outubro, as instituições selecionadas devem apresentar uma garantia da execução de seus projetos. No dia 18 de outubro, haverá a assinatura do termo de compromisso entre as instituição de ensino e o MEC.

As instituições vão ter de três meses a um ano e meio para implantar o curso de medicina. O prazo final acaba no dia 18 de junho de 2018.

Confira abaixo a lista completa:

  1. Alagoinhas (BA) – 65 vagas – Sociedade de Ensino Superior Estácio de Sá Ltda
  2. Eunápolis (BA) – 55 vagas – Pitágoras – Sistema de Educação Superior Sociedade Ltda
  3. Guanambi (BA) – 60 vagas – Sociedade Padrão de Educação Superior Ltda
  4. Itabuna (BA) – 85 vagas – Instituto Educacional Santo Agostinho Ltda
  5. Jacobina (BA) – 55 vagas – AGES Empreendimentos Educacionais Ltda
  6. Juazeiro (BA) – 55 vagas – IREP Sociedade de Ensino Superior, Medio e Fundamental Ltda
  7. Cachoeiro do Itapemirim (ES) – 100 vagas – Empresa Brasileira de Ensino, Pesquisa e Extensão S.A – EMBRAE
  8. Contagem (MG) – 50 vagas – Sociedade Mineira de Cultura
  9. Passos (MG) – 50 vagas – Centro Educacional Hyarte-ML-Ltda
  10. Poços de Caldas (MG) – 50 vagas – Sociedade Mineira de Cultura
  11. Sete Lagoas (MG) – 50 vagas – Centro Educacional Hyarte-ML-Ltda
  12. Jaboatão dos Guararapes (PE) – 100 vagas – Sociedade de Educação Tiradentes S/S Ltda
  13. Campo Mourão (PR) – 50 vagas – CEI – Centro Educacional Integrado
  14. Guarapuava (PR) – 55 vagas – Campo Real Educacional S.A
  15. Pato Branco (PR) – 50 vagas – Associação Patobranquense de Ensino Superior S.C. Ltda
  16. Umuarama (PR) – 60 vagas – Associação Paranaense de Ensino e Cultura
  17. Angra dos Reis (RJ) – 55 vagas – Sociedade de Ensino Superior Estácio de Sá Ltda
  18. Três Rios (RJ) – 50 vagas – Sociedade Universitária Para o Ensino Médico Assistencial Ltda
  19. Vilhena (RO) – 50 vagas – Associação Educacional de Rondonia
  20. Erechim (RS) – 55 vagas – Fundação Regional Integrada
  21. Ijuí (RS) – 50 vagas – UNISEB União dos Cursos Superiores SEB Ltda
  22. Novo Hamburgo (RS) – 60 vagas – Associação Pro Ensino Superior em Novo Hamburgo
  23. São Leopoldo (RS) – 65 vagas – Associação Antonio Vieira
  24. Jaraguá do Sul (SC) – 50 vagas – Sociedade de Ensino Superior Estácio de Sá Ltda
  25. Araçatuba (SP) – 65 vagas – Missão Salesiana de Mato Grosso
  26. Araras (SP) – 55 vagas – Sociedade Regional de Ensino e Saúde S/S Ltda
  27. Bauru (SP) – 100 vagas – Associação Educacional Nove de Julho
  28. Cubatão (SP) – 50 vagas – AMC – Serviços Educacionais Ltda
  29. Guarujá (SP) – 55 vagas – Associação Prudentina de Educação e Cultura APEC
  30. Guarulhos (SP) – 100 vagas – Associação Educacional Nove de Julho
  31. Jaú (SP) – 55 vagas – Associação Prudentina de Educação e Cultura APEC
  32. Mauá (SP) – 50 vagas – Associação Educacional Nove de Julho
  33. Osasco (SP) – 70 vagas – Associação Educacional Nove de Julho
  34. Piracicaba (SP) – 75 vagas – ISCP Sociedade Educacional S.A.
  35. Rio Claro (SP) – 55 vagas – ISCP Sociedade Educacional S.A.
  36. São Bernardo do Campo (SP) – 100 vagas – Associação Educacional Nove de Julho
  37. São José dos Campos (SP) – 100 vagas – ISCP Sociedade Educacional S.A.
Imagem Ilustrativa/Reprodução Internet
Imagem Ilustrativa/Reprodução Internet

1 COMENTÁRIO

  1. Difícil de acreditar, pois a tão sonhada faculdade de medicina, poderá sair do papel, das promessas, mesmo que seja uma faculdade particular.
    No site da universidade contemplada no certame, não há alusão ao fato, a reportagem constatou diretamente com a universidade?
    Também, não vi nenhum candidato ao cargo máximo do poder executivo municipal se manifestar, salvo engano, não devem ter muito interesse numa faculdade em nossa praia, não é?
    Parabenizo este informativo, pois também não tive acesso a nenhum outro órgão da imprensa local, referindo-se a importante fato, que estava obstado no Ministério da Educação.
    Abç
    Eduardo F Cardoso

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here