APAEs ressaltam importância do serviço prestado à sociedade

413

O número de matrículas de crianças com deficiência em classes comuns da educação básica aumentou em cinco vezes desde 2003, quando o governo começou a implantar as primeiras políticas públicas na inclusão escolar.

A lei previa o fechamento das APAEs, escolas especializadas em atendimentos para pessoas com necessidades especiais.

A Presidente da Federação das APAEs do Estado de São Paulo, Cristiany de Castro afirma que apesar de apoiar a inclusão, os alunos necessitam de benefícios específicos.

De acordo com o Ministério da Educação e Cultura, os dados mais recentes, de 2015, apontavam que 751 mil pessoas com algum tipo de deficiência, frequentavam  escolas da rede regular.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here