Brasileiro vai estudar música na Suíça com vaquinha na internet

195

O sonho do garoto Weslei sempre foi estudar música. O jovem, que toca contrabaixo, primeiro ingressou na Orquestra Sinfônica de Porto Alegre e agora vai se aperfeiçoar na Escola de Música de Genebra, na Suíça.

E a viagem só foi possível com a ajuda que veio por meio de uma campanha na internet. Weslei Felix Ajarda, 18 anos, é uma das maiores revelações do contrabaixo acústico no Brasil e a partir deste mês ele começa uma jornada de três anos de estudos na lendária Escola de Música de Genebra. Ele começou cedo. O encontro com a música foi aos três anos na vila São João, no bairro Guajuviras, um dos mais pobres e mais violentos de Canoas, onde participava de rodas de samba.Um dos primeiros instrumentos foi um violãozinho de plástico, de cinco reais, presente de um tio.

A vontade de aprender a tocar o fez ingressar com 7 anos de idade na banda de uma igreja evangélica da comunidade. O pequeno notável ingressou em 2014 na Escola de Música da Ospa graças a uma nota de jornal. O sonho de Weslei começou a tomar forma em julho deste ano, quando amigos e apoiadores resolveram lançar um crowdfunding para tentar arrecadar os R$ 52 mil necessários para custear os seis primeiros meses de ensino e estadia na Suíça. O resultado: R$ 55 mil reais arrecadados. Wesley embarcou para seu sonho no último dia 27.

Crédito: www.sonoticiaboa.com.br/2017/09/12/brasileiro-vai-estudar-musica-suica-vaquinha-internet

Foto: swissinfo.ch/Reprodução/Sonoticiaboa

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here