Caetano Veloso defende liberação da maconha após post de Paula Lavigne

159

Após ter postado um vídeo em em seu perfil do Instagram em que alegava estar fumando maconha com um amigo durante viagem por Montevidéu, no Uruguai, Paula Lavigne voltou a tocar no assunto nas redes sociais nesta quarta-feira, 8. Mas dessa vez, a produtora de cinema compartilhou um vídeo de Caeteno Veloso, seu marido, em que ele defende a legalização da erva e relata suas experiências nos anos 60.

Paula Lavigne com amigo no Uruguai
(Foto: Instagram / Reprodução)
Questionado por Paula se fumava maconha, o cantor respondeu: “Não, Deus me livre. Tenho horror a maconha. A sensação que me provoca é péssima. Experimentei nos anos 60, mas odiei, detestei. Mas, eu sou a favor da liberação e da legalização da maconha, aliás, de todas as drogas.”

“De todas?”, questionou Paula. “Eu sou, porque legalizado com imposto, é melhor. Isso precisa de um amadurecimento da sociedade, eu até entendo”, respondeu Caetano.

“Mas tem que tirar a maconha da lista das drogas pesadas”, opina Lavigne. “Claro, é um bom começo ja a maconha sair da turma das drogas pesadas, e passar a ser legal, sendo que o álcool é uma droga pesada e é legal”, afirmou Caetano.

No post, Paula chamou seus seguidores para um diálogo sobre o assunto e legendou o vídeo com as seguintes palavras:
“@caetanoveloso não bebe, não fuma, não usa droga nenhuma e é mais radical que eu quanto a liberação das drogas! Espero que a gente possa ter uma discussão de nível, ninguém precisa concordar com ninguém, e as redes sociais deveriam ser usadas para elevar o nível da conversa e não baixar. Vamos tentar?”.

Caetano Veloso em vídeo postado pela mulher, Paula Lavigne (Foto: Instagram / Reprodução)

Fonte: EGO

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here