Comportamento humano: uma espécie em eterna mutação

3036

O comportamento humano é algo curioso. Somos mais inseguros do que seguros, somos mais desconfiados do que confiantes. Às vezes, temos mais medo do que coragem. É preciso lapidar a humildade para que o aprendizado se torne sabedoria e nos faça mais forte para enfrentarmos com serenidade, tudo aquilo que nos aflige.

O problema é que nem sempre conseguimos encontrar esse ¨equilíbrio¨. Por quê? Porque somos humanos!

Cada um carrega no seu dia a dia uma mescla de situações/sentimentos: alegrias, tristezas, vitórias, conquistas, problemas, decepções. Segundo os psicólogos, muitas das nossas decepções e desmotivações vem exatamente  do ¨esperar¨ das pessoas aquilo que elas não podem dar. Esperar não coisas materiais, como dinheiro, títulos e promoções.

Esperar  mais respeito, mais valor pelo que você é e faz. Esperar mais humildade. Esperar que as pessoas sejam mais éticas…

Alguns sociólogos atribuem a mudança do comportamento humano aos ¨tempos de internet e redes sociais¨, onde o que importa é parecer feliz quando se está triste! É estar em evidência, quando queria estar recluso! É mostrar o Ter e não o Ser!

Tomando como base as obras de Clarice Lispector, que partia do universo feminino para falar da sua experiência de mundo, acredito que ¨tocar¨ as estranhas do humano é mergulhar, primeiro, naquilo que temos de melhor e de pior.

E cito aqui uma das frases da escritora: “Amar os outros é a única salvação individual que conheço: ninguém estará perdido se der amor e às vezes receber amor em troca”.

Imagem Ilustrativa/Reprodução Internet

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here