Eleições. Caiu na Rede é….

Eleições. Caiu na Rede é….

361
0
Compartilhar

A utilização das redes sociais nas eleições deste ano vai exigir muito cuidado por parte dos candidatos que quiserem explorar suas potencialidades sem correr o risco de afrontar a lei ou parecerem invasivos aos seus possíveis eleitores.

Mais do que se enquadrar nas leis que regem o uso destes meios, respeitar a privacidade do cidadão será fundamental para não colocar em risco a eficácia na tentativa de se apresentar como postulante ao cargo, seja de prefeito ou vereador.

Para os eleitores, a boa notícia reside no fato de a rede permitir que não só as propagandas dos candidatos cheguem até eles.

As informações, inclusive em relação a problemas na justiça, chegam muito mais rapidamente e podem fazer a diferença na hora de decidir o voto.

É o caso, por exemplo, de uma ONG da cidade de Marília que acaba de publicar em seu site uma relação com mais de 2.500 nomes de políticos com contas rejeitadas no Tribunal de Contas do Estado de São Paulo.

Em sua página, a entidades foi além, e revelou a situação de alguns políticos locais com pendências na justiça. Ao tomar conhecimento dos dados, alguns perfis no Facebook compartilharam a lista e assim a informação foi sendo multiplicada.

É dessa forma que funciona hoje. Acordos a boca pequena não são mais capazes de segurar informações. Com um pouco de boa vontade é possível saber mais sobre o seu pretenso candidato do que ele gostaria de mostrar.

Não abra mão desse direito e não se deixe enganar. Ferramentas não vão faltar.

Imagem ilustrativa./ Foto: Reprodução/ Clubedodesign
Imagem ilustrativa./ Foto: Reprodução/ Clubedodesign

Sem comentários

Deixar uma resposta