Façam suas apostas…

471

O processo de transição entre o governo atual e o do prefeito eleito mal começou e as especulações sobre nomes para composição do primeiro escalão já estão nas ruas e nos cafés e movimentando a bolsa de apostas. Com um grande número de partidos aliados e a possibilidade de chegar a 15 vereadores em sua base na Câmara, Gazzetta vai precisa de muita conversa para cumprir uma das mais difíceis promessas de campanha: a de que não iria fatiar o governo em cargos de confiança.

A manutenção da promessa fica ainda mais difícil com a chegada de novos apoiadores no segundo turno, o que aumentou o tamanho do condomínio. Aliás, muita gente se aproximou exatamente com a intenção de diminuir os prejuízos das contas de campanha após a derrota no primeiro turno. Em relação a formação do secretariado, um dos primeiros nomes a surgir é o do provável futuro titular da Saúde. O médico José Eduardo Fogolin teve participação ativa na elaboração do plano de governo e nas discussões com profissionais da área durante a campanha eleitoral. Caso confirmado, terá o desafio de provar que conhece as estruturas de saúde do município, suas interfaces com o SUS, deixando ser tratado apenas como “alguém ligado ao PT”.

Nesse momento de decisões para compor o secretariado, também é interessante observar a apresentação dos cacifes de cada interessado ou de como alguns membros do primeiro escalão do atual governo começam a ser guindados à categoria de super secretários ou super presidentes. Vale prestar atenção nos interesses que tentam incensar tão competentes agentes públicos nesse momento. Certamente nos próximos dias, a sala que era ocupada pela vice-prefeita e escolhida como gabinete da transição será o espaço mais movimentado do terceiro andar do Palácio das Cerejeiras e de lá, virão muitas decisões que vão determinar o rumos da cidade à partir de 2017. Oremos.

roleta-cassino-online

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here