Fila de espera por vagas em creches da prefeitura poderia ser menor

430

Mesmo com a redução em mais de 50% na fila de espera por uma vagas em creches da prefeitura, os números poderiam ser ainda melhores, caso três obras iniciadas pela administração municipal, não estivessem paralisadas.

De acordo com informações da Secretária da Educação, Isabel Miziara, das duas obras abandonadas pela Construtora Jordão & Bergamin, uma será concluída através de parceria com uma construtora bauruense.

Uma quarta escola, a Emef Santa Maria, funciona desde 2014 em um prédio alugado pelo Município. De acordo com a Secretária, o projeto entrará em processo de licitação, o que deve provocar o início das obras apenas para o mês de Novembro. Conforme a 94 noticiou, 1.300 crianças estão na fila de espera por uma vaga em escolas municipais.

As escolas abandonadas pela Jordão e Bergamin estão localizadas no Pq. Roosevelt e na Quinta Ranieri. A terceira escola é a do Bauru I, iniciada no governo Nilson Costa, em 2003, que seria a maior escola da cidade e abandonada há 10 anos.

Creche São Francisco./ Foto: Reprodução/ Prefeitura Municipal de Bauru

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here