Maratona aguarda Noroeste em busca da A2

Escrito por em 9 de janeiro de 2018

Um calendário extremamente apertado e muitos quilômetros para rodar esperam pelo EC Noroeste em mais uma tentativa para melhorar sua posição no ranking do futebol paulista.

Dia 17 de janeiro é a largada dos jogos da Série A3. São 20 equipes se confrontando numa primeira etapa de classificação. Os seis clubes que ficarem nas últimas colocações já serão rebaixados para a Segunda Divisão, a chamada “Bezinha”, cemitério de clubes tradicionais que vão se deteriorando ao longo dos anos e de novatos recém ingressos no profissionalismo.

Só serão promovidos, por outro lado, à Série A2, as duas equipes primeiras colocadas, campeã e vice. Assim a Federação Paulista de Futebol enxuga para apenas 16 participantes na próxima temporada.

O técnico Tuca Guimarães já tem o elenco praticamente definido, Raros são jogadores conhecidos, mas pelo empenho dos dirigentes e patrocinadores, parece que foi reunido um grupo satisfatório. Daí, no entanto a poder se afirmar que o Noroeste será forte candidato na competição, já é outra história.

Dia 17 de janeiro, quarta feira, o Noroeste recebe o Mogi Mirim, na sua estréia às 20 horas no Estádio Alfredo Castilho. Há certo clima de entusiasmo da torcida e esperamos que compareça fortemente para incentivar o time bauruense.

Como está claro pelo que já foi colocado, o desafio é muito grande. Não há tempo para recuperação no formato de disputa. Não pode ficar perdendo e empatando os jogos. É trágica, mas verdadeira, a necessidade de sair na frente e deslanchar. Partir prá cima dos adversários com muito apetite, se quiser realmente chegar lá.

Simplesmente não há espaço e tempo para ir melhorando ao longo da competição, daí a importância dos jogos amistosos, para ir azeitando o time e começar se impondo. O objetivo, o foco traçado deve ser imperiosamente a busca pelo título de campeão. Não se satisfazer com meios resultados. Atuando assim, na pior das hipóteses não deixar o clube cair para a Segundona.

O clássico Noroeste x Marília, outrora de muita rivalidade, será dia 21 de fevereiro aqui em Bauru e a última partida em Taboão da Serra. Todo cuidado com esses emergentes é pouco. Vejam alguns exemplos como Capivari, Água Santa, Audax, etc.

Uma coisa é certa. Não tem moleza! O equilíbrio será a principal característica das partidas e todos adversários vão vender caro as eventuais derrotas.


94FM ao vivo

Essa Rádio Pega

Current track
TITLE
ARTIST

Background