Neymar ou Cavani

683

A cada dia que passa aumenta o desgaste entre Naymar e Cavani, tornando insuportável o ambiente no Paris Saint-Germain. A “briga” para ver quem bate pênalti na equipe é apenas uma das facetas dessa confusão.

Cavani tem em seu contrato prêmio de um milhão de euros se for o artilheiro do time e portanto não quer abrir mão de bater as penalidades – embora já tenha perdido a cobrança um dia desses – e Neymar quer ser o cobrador oficial da equipe.

A verdade é que o clima no PSG já era de tensão, porque o dirigente e dono do time, Nasser Al-Khelaifi, está preocupado com a investigação que a UEFA faz em cima do fair play financeiro. Afinal foram investidos 222 milhões de euros, aproximadamente 825 milhões de reais, nas contratações por ele realizadas.

Nasser estava disposto a se desfazer rapidamente de vários jogadores, como Di Maria, Pastor, Lucas Moura, Draxler, Thiago Silva, Matuidi e outros. Aliás, Matuidi acabou sendo negociado com a Juventus da Itália e ele era um grande líder no grupo de jogadores. Isso também desequilibrou o ambiente dos atletas.

Segundo o repórter espanhol do jornal El País, a contratação de Neymar destruiu o clima nos vestiários do clube. Os jogadores estariam se sentindo como mercadoria em troca de abrir espaço para Neymar. “Quem ele pensa que é? Messi?, esbravejavam alguns atletas tendo à frente o rebelde uruguaio Cavani. E Neymar também não teria feito muita força para melhorar o clima.

A verdade é que tanto Cavani quanto Neymar são escamosos, vaidosos e presunçosos. Dentro de campo são altamente eficientes e com um pouco de humildade, podem perfeitamente recriar no PSG a união do Barça, com Messi, Luizito e Neymar.

O técnico Unai Emery precisa conversar com os dois, mostrar ao Cavani que Neymar veio para somar e deixou claro isso nas partidas que atuou, proporcionando inclusive alguns dos gols do uruguaio. Tem que deixar a ignorância de lado.

Queira ou não Neymar revolucionou o futebol francês. Os estádios estão lotando, a torcida do PSG canta “Neymar, Neymar”. As camisas vendidas aos milhares não são do Cavani e sim do garoto Neymar.

O projeto do PSG é ser campeão da Europa e os jogadores têm que entender que é muita grana investida para aguentar fricotes e picuinhas de jogadores milionários, que deviam ter um pouco mais de inteligência emocional.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here