Noroeste tromba com o mundo real da A3

230

O Noroeste está enfiado numa grande armadilha. Quem pensa que a retaguarda financeira e a contratação de jogadores podem garantir uma campanha vitoriosa, deve se preparar para uma realidade muito diferente.

Naturalmente que a diretoria do Noroeste fez o que pode e reconhecemos o empenho para conseguir ficar entre os dois primeiros e subir mais um degrau no ranking paulista, chegando a série A2.

Acontece que excluindo uns três ou quatro clubes, os demais também investiram. Alguns têm uma folha de pagamento de mais que o dobro do clube bauruense. Vamos despertar para o mundo real.

Internacional de Limeira, Olímpia, Grêmio Osasco, Portuguesa Santista, Nacional, enfim é uma verdadeira pedreira que o Alvirrubro está encarando.

Os dois próximos jogos serão contra adversários fracos e já começa aquela pressão que o time tem de vencer as duas, nem empate vai interessar. Não estamos ponderando essa obrigação só pensando em subir. É que também pode cair. São seis clubes que serão rebaixados.

Série A3 dá para segurar. Agora Série B não é o lugar para um clube como o Noroeste e uma cidade como Bauru. Penso que já é bom ir pensando em algumas contratações especiais, que possam fazer a diferença.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here