O que esperar de um mundo de relacionamentos tão voláteis?

1081

Quem possui uma essência muito bondosa inevitavelmente será vítima do mau uso da sua maneira de ser, por parte daqueles que só pensam em se aproveitar, em puxar tapetes e maldizer. Isso a gente vê aos montes por aí.

De acordo o psicólogo, Jacques Lacan, não dá para fugirmos à constatação de que a bondade é a porta de entrada de incontáveis decepções. Isso,  porque o mundo atual  se vale da ¨esperteza ¨ e dos ¨interesseiros de plantão¨ como válvula de sucesso.

Muitos de acordo com Lacan, usam dessa esperteza com má fé, justamente em relação àqueles que confiam neles.

É bom entender que por pessoa boa, não me refiro aqui a alguém bonzinho, mas a uma pessoa generosa, que estende a mão sempre que preciso e que, principalmente, age de forma verdadeira e transparente. Cada qual no seu estilo.

Trata-se do tipo de pessoa que ajuda, que compartilha conhecimento, que divide sua riqueza de alma.  Pessoas boas são sensíveis, tem gratidão, reconhecimento e empatia suficiente para saírem de seus mundos e serem¨simplesmente boas”!  Sem apego a egos!!!

Então, busque a sabedoria: seja mais seletivo e aprenda a se manter num mundo de relacionamentos falsos, voláteis e  líquidos, sem se decepcionar.

O que vale são nossas ações de coração aberto!!! Crie boas  raízes, floresça e frutifique!

Imagem Ilustrativa/Reprodução Internet
Imagem Ilustrativa/Reprodução Internet

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here