Panorama dos Paulistas no Brasileirão

85

Mais duas rodadas e termina o primeiro turno do Campeonato Brasileiro. O que podemos esperar das equipes de São Paulo?

Vamos começar pelo Corinthians, que até um dia desses estava nadando de braçada e mantendo a primeira colocação da competição. Continua líder, mas já se nota desgastes e fragilidades no Alvinegro.

A ausência de um jogador mais talentoso no meio campo vem comprometendo o rendimento do time, que por pouco não perde para o Flamengo em sua própria arena e com sua fiel torcida. A contusão de Jadson o afastou dos jogos e abriu comprometedora lacuna na armação das jogadas e na competência e na retenção da bola.

Oito pontos de diferença para o segundo colocado, o Grêmio, dá certa tranquilidade para o time de Jô, artilheiro da competição, mas com a possibilidade de três pontos por vitória compromete e preocupa qualquer um. Daqui em diante poderemos ter o Corinthians em queda.

O Santos, um tanto quanto aos tropeços e solavancos, ocupa surpreendentemente a terceira colocação e sinceramente não evidencia grandes avanços no segundo turno. Não consigo ver nenhuma possibilidade de um arranque peixeiro.
O time é médio, não vive um momento importante e não tem dinheiro para contratações significativas. Tem que se contentar com o atual plantel e a tendência pode ser até de queda de rendimento.

O Palmeiras perdeu um tempão, esperando os gols do “extraordinário” Borja, que acabaram não vindo. Até agora o caríssimo centroavante não justificou o alto investimento e acabou ficando na reserva.

O técnico Cuca até agora ainda não tem um time que se possa dizer que seja o titular e que vai deslanchar. Outro “craque” afastado é Felipe Melo, aquele mesmo que eu já disse que no meu time não joga e no Cuca também não. Já está à disposição para procurar clube. Parece que o Flamengo quer o jogador. Ele como só atuou em cinco jogos pode participar ainda do atual Brasileiro por outra agremiação.

Se o Cuca conseguir organizar um time prá valer, se houver tempo prá isso, aí sim poderíamos pensar num Palmeiras concorrente ao título brasileiro. Está a 12 pontos do líder Corinthians e teria que jogar muita bola para chegar lá.
Quem deverá se reerguer é o São Paulo. As recentes contratações do Hernanes, Petrus e Marcos Guilherme vão dar vida nova à equipe. Mais qualidade, mais confiança e quem sabe muitas vitórias. Cair para a série B já coisa do passado. A ordem agora no Tricolor e buscar posições mais qualificadas na classificação. Hoje tem 19 pontos ganhos e está em décimo quinto lugar.

Esperávamos mais da Ponte Preta, mas houve certo desmanche, com a venda de jogadores. Isso desfalcou o elenco e esvaziou o rendimento do clube campineiro. A Ponte tem 21 pontos ganhos e acredito que não corre riscos de rebaixamento, mas não pode descuidar.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here