Pesquisa indica que pele do amendoim ajudar a previnir obesidade e diabetes

75

Uma pesquisa desenvolvida na Universidade de São Paulo, em Piracicaba, indica que a pele do amendoim pode auxiliar na prevenção da obesidade e até da diabetes.

O estudo foi realizado pelo cientista de alimentos Adriano Costa de Camargo e apontou compostos naturais desse subproduto, que inibem enzimas ligadas à absorção de carboidratos e também de gordura.

Segundo o pesquisador, os benefícios estão ligados a propriedades antioxidantes da pele do amendoim e também à ação dos chamados “compostos bioativos” que diminuem a absorção das moléculas de açúcar e de gorduras, que estão relacionadas ao diabetes e à obesidade.

Para serem absorvidos pelo organismo, os carboidratos, que são os açúcares e lipídeos, no caso as gorduras, precisam ser “quebrados” em moléculas menores.

Outra ação comprovada em laboratório, com colaboração de um grupo chefiado por Anderson de Souza Sant’Ana, da Unicamp, foi a atividade antimicrobiana.

Os compostos extraídos do amendoim e da sua pele foram testados em bactérias e o resultado apontou inibição do crescimento bacteriano em todas elas.

Assim como já é feita com a comercialização de farinha de semente de uva e farinha de casca de uva, o pesquisador acredita que a pele de amendoim poderá ser utilizada de forma “isolada” e estar disponível à população.

Imagem ilustrativa./ Foto: Reprodução/ Lider Agronomia

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here