Prefeitura de Bauru apresenta administração efetiva em 2016, diz TCE

194

O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo divulgou nesta semana, o Índice de Efetividade da Gestão Municipal, avaliando o último ano de mandato das prefeituras paulistas.

De acordo com os dados do TCE, a Prefeitura de Bauru, no geral, apresentou uma administração efetiva em 2016, mesmo resultado dos anos anteriores.

O Índice de Efetividade analisou os resultados em sete setores: educação, saúde, planejamento, gestão fiscal, meio ambiente, proteção aos cidadãos e tecnologia da informação.

A avaliação foi dividida em 5 notas, partindo do altamente efetiva, até o baixo nível de adequação.

Apenas dois setores da administração Rodrigo Agostinho, foram considerados, no ano passado, altamente efetivos, tendo recebido a melhor nota possível. A saúde e a tecnologia da informação, este pelo segundo ano consecutivo.

A educação andou na contramão e teve sua avaliação em queda. Em 2015, o resultado bauruense nesse setor, foi de altamente efetivo. No ano passado, a queda foi de dois degraus, para efetiva.

O resultado mostra que o número de prefeituras que precisam melhorar a gestão, aumentou 17%. Ao todo o TCE avaliou 644 municípios.

O setor de planejamento da cidade teve a pior nota de avaliação, segundo o levantamento feito pelo TCE. Esse setor foi classificado como de “baixo nível de adequação”

Prédio da Prefeitura de Bauru./ Foto: Reprodução/ hotsite.bauru.sp.gov.br/

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here