10,06% de reajuste: Sinserm levará proposta de Suéllen Rosim em Assembleia com trabalhadores

Escrito por em 13/01/2022

O Sindicato dos Servidores Municipais de Bauru (Sinserm), vai levar a proposta de reajuste salarial aos servidores em Assembleia, agendada para o dia 27 de janeiro.

Na quinta-feira (13), a prefeita Suéllen Rosim apresentou ao sindicato a proposta salarial para este ano. A previsão é conceder 10,06% de aumento salarial e antecipar a data base do funcionalismo municipal para janeiro. Além disso, foi feita a proposta de 25% no vale-alimentação.

O governo municipal afirma que o impacto anual na despesa será de R$90 milhões entre ativos e inativos.
A prefeita Suéllen Rosim defendeu uma sessão extraordinária na Câmara Municipal para aprovar a proposta e pagamento a partir de janeiro, mas de acordo com Melissa Lamonica, diretora executiva do Sinserm, o sindicato ainda levará a proposta para Assembleia e não pretende aceitar qualquer negociação antes do dia 27.

O Sinserm também leva em conta que, com o aumento da alíquota previdenciária, a proposta de reajuste de 10,06% cai para 7,06% e, possivelmente, para os aposentados que já tem PL na Câmara para implantação da alíquota de 14%, esse reajuste acaba saindo 6%. Portanto, para o sindicato, essa proposta de reajuste salarial não chega nem perto do esperado.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]