Projeto pretende transformar HC do Centrinho, em autarquia

Escrito por em 06/09/2020

Projeto do deputado estadual Ricardo Madalena, pretende transformar o hospital das clínicas de Bauru, em uma autarquia. Pelo projeto, o HC de Bauru passaria a integrar o Sistema Único de Saúde (SUS), com prestação de assistência hospitalar e ambulatorial, nas diversas áreas clínicas, além de servir de campo para o ensino e o treinamento de cursos de graduação e pós-graduação nas áreas relacionadas com as ciências da saúde da Universidade de São Paulo.

Na justificativa, o deputado lembra que a criação do Hospital das Clínicas de Bauru é um compromisso do Governo do Estado há alguns anos e, acrescenta também, que a instituição HC Bauru sequer existe, existindo apenas um prédio que a USP cedeu à Secretaria de Estado da Saúde, onde foi montado um hospital de campanha para o combate ao Covid-19.

A transformação do HC em uma autarquia é defendida pelo professor José Sebastião dos Santos, ex-coordenador do curso de Medicina da USP de Bauru e da superintendência do Centrinho, que em meados de junho concedeu entrevista à 94FM, falando sobre o tema. À época, o professor citou que o próprio Centrinho poderia contribuir com a organização do hospital das Clínicas de Bauru.

Um dos artigos da proposta do deputado Madalena, determina que o HC de Bauru mantenha a associação com a USP, por meio da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, para fins de ensino, pesquisa e prestação de ações e serviços de saúde à comunidade.

No último dia 1º, foi realizada uma audiência pública para a discussão da atual situação do hospital em Bauru, uma vez que o contrato que permite o funcionamento do hospital de campanha no HC de Bauru, entre a Secretaria de Saúde do Estado e a Famesp vence no dia 2 de outubro. No local, funcionam atualmente 40 leitos de enfermaria que assistem pacientes com Covid-19. Na audiência, a direção da Famesp informou ter solicitado, em meados de agosto, a prorrogação do contrato para a gestão do hospital de campanha, até 31 de dezembro e, ainda não recebeu retorno sobre a solicitação.

Foto: Marcos Santos/ USP Imagens


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]