Ajude! Pacientes acamados necessitam de doações de sangue em Bauru

Escrito por em 01/07/2021

Em estado grave na UTI do Hospital Estadual, intubado há vinte dias, o paciente Henrique dos Santos necessita de doações de sangue em seu nome. Ele tem 31 anos e a esposa está grávida. Doações podem ser feitas no hemonúcleo do Hospital de Base, das 07h30 às 15h. É recomendado o agendamento, em virtude da pandemia, através do telefone (14) 3231-4771.

Já o paciente Luiz Carlos Capelin, internado no Hospital Estadual, necessitou de transfusão e a instituição solicita a reposição, com seis doadores em nome do paciente. A doação de sangue deve ser realizada no Hemonúcleo do Hospital de Base de Bauru. Também é solicitado o agendamento prévio.

Condições básicas para doar sangue.

• Sentir-se bem, com saúde;

• Apresentar documento com foto, emitido por órgão oficial e válido em todo o território nacional;

• Ter entre 16 e 69 anos de idade (doação de sangue com idade de 16 (dezesseis) e 17 (dezessete) anos, com a presença e o consentimento formal dos pais);

•O limite para a primeira doação é de 60 anos;

•Pesar acima de 50 kg.

Recomendação para o dia da doação.

• Nunca vá doar sangue em jejum;

• Repouso mínimo de 6 horas na noite anterior;

• Não ingerir bebida alcoólica nas 12 horas anteriores;

• Evitar fumar por pelo menos 2 horas antes da doação;

• Evitar alimentos gordurosos;

• Aguardar 2 horas após o almoço para realizar a doação.

Quem não pode doar?

• Quem teve diagnóstico de hepatite após os 11 anos de idade;

• Mulheres grávidas ou que estejam amamentando;

• Pessoas que estão expostas a doenças transmissíveis pelo sangue, como aids, hepatite, sífilis e doença de chagas;

• Usuários de drogas;

• Aqueles que tiveram relacionamento sexual com múltiplos parceiros nos últimos 12 meses.

• “Piercing”, tatuagem ou maquiagem definitiva 12 (doze) meses após realização; devido não ser possível avaliar as condições de segurança do procedimento realizado; se na cavidade oral e/ou na região genital, devido ao risco permanente de infecção, a inaptidão é 12 (doze) meses da retirada.

O que acontece depois da doação?

O doador recebe instruções referentes ao seu bem-estar e cuidados que deverão ser tomados, tais como:

• Beber bastante líquido nas primeiras 6 horas e alimentar-se normalmente;

• Não fumar nas primeiras 2 horas;

• Não praticar esportes radicais ou atividades de risco.

Marcado como

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]