Adestrador orienta como cuidar dos cachorros com medo de fogos de artifício

Por on 22 de dezembro de 2018

Com a aproximação do período de festas de final de ano, a tradição da queima de fogos de artifício traz transtornos para os animais de estimação, sensíveis ao barulho. O cão possui audição muito sensível, podendo escutar a origem do som muito antes do que os humanos.

Segundo o adestrador Diogo Fontes, da Villa Canina, algumas ações preventivas podem evitar o sofrimento do cão na hora dos fogos. Ele aconselha deixar o cachorro em um lugar seguro com um som ligado no momento dos fogos. Acompanhe na reportagem de Gabriel Pelosi.

É importante sempre conversar com o seu veterinário sobre o problema. Em casos extremos, o profissional responsável poderá prescrever um tranquilizante para que o cachorro mantenha a calma.

Crédito: Pexels.com


Comentários

Escreva um Comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios*



Current track
Title
Artist

Background