Apeoesp critica fala do governador João Dória sobre salários de professores

Escrito por em 25/02/2020

Uma declaração do governador João Dória na última semana, afirmando que os “professores do Estado são bem remunerados e que São Paulo não remunera professores para ficarem em casa tomando suco de laranja e sendo preguiçosos”, gerou um mal-estar na categoria.
A declaração foi dada durante um protesto de professores, em Presidente Prudente.
Para a Diretora Estadual da APEOESP (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo), Suzi da Silva, essa declaração do governador, mostra que Dória não conhece a realidade da escola pública.

Em nota, o Governo do Estado respondeu: “A fala do Governador João Dória foi retirada de contexto. Ele se dirigiu especificamente a cerca de 10 sindicalistas que diziam representar os docentes em pleno horário escolar, enquanto os professores de verdade, a quem o Governador tem profundo respeito, estavam trabalhando. O Governo de SP está sempre empenhado em valorizar o professor, pois entende que assim valoriza o profissional responsável por educar e proporcionar um futuro melhor para nossa juventude. Mostra disso é o recente anúncio sobre a recomposição salarial dos professores. Prometida no início da gestão, a recomposição de 12,8% vai beneficiar 260 mil professores entre ativos e inativos, que receberão já a partir de março.


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]