Após 600 foguetes disparados, Israel ordena ataques em massa na Faixa de Gaza

Por on 5 de maio de 2019

Os conflitos entre Israel e a Faixa de Gaza se intensificaram neste domingo (5), numa escalada da recente onda de violência que teve início na última sexta e que deixou mortos de ambos os lados, incluindo um comandante do Hamas.

No início da tarde deste domingo, as Forças de Defesa de Israel (IDF, na sigla em inglês) informaram que 600 foguetes foram disparados de Gaza contra o território israelense desde sábado.

Em resposta, o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, ordenou às Forças Armadas que continuem os “ataques em massa contra elementos terroristas na Faixa de Gaza” e que a fronteira seja reforçada “com tanques, artilharia e tropas”.

Segundo a agência de notícias AP, militantes palestinos na Faixa de Gaza intensificaram uma onda de foguetes contra o sul de Israel, atingindo cidades em toda a região, enquanto forças israelenses atingem dezenas de alvos em toda a Faixa de Gaza.

O Exército israelense afirmou que atacou mais de 320 alvos de grupos militantes em Gaza e que mais de 150 mísseis lançados pelos palestinos foram interceptados por seu sistema de defesa, Domo de Ferro.

No início da tarde, o exército israelense afirmou que mais mísseis estavam sendo disparados contra Israel a partir de Gaza.

Israel e o Hamas conseguiram evitar uma guerra total nos últimos cinco anos. Mediadores egípcios, com o crédito de terem intermediado um cessar-fogo após um ataque com foguetes do Hamas ao norte de Tel Aviv, em março, têm trabalhado para evitar qualquer nova escalada de hostilidades.

Fonte:G1

Foto: Suhaib Salem/Reuters


Comentários

Escreva um Comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios*



Current track
Title
Artist

Background