Instituto Branemark recorre de decisão judicial após descumprir contrapartidas

Escrito por em 24/09/2021

O Instituto Branemark anunciou que irá recorrer da sentença de primeira instância, publicada nesta quinta-feira, que condenou o instituto por descumprir as contrapartidas exigidas em Lei Municipal, que possibilitou a cessão da área pelo município.

Para o advogado do Branemark, Paulo Roberto Parmegiani, a interpretação da lei que permitiu a construção do prédio é o principal motivo dessa discussão judicial. Ainda segundo o advogado, a sentença ignorou duas decisões de instâncias superiores, abordando a quantidade de atendimentos gratuitos durante o mês.

À época da cessão do terreno, o Instituto Branemark investiu na construção do prédio, mais de DOIS MILHÕES DE DÓLARES. Atualmente, funciona no local, a ‘Casa da Mulher’, órgão ligado à prefeitura de Bauru.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]