Argentina descumpre normas sanitárias brasileiras e Anvisa suspende o jogo contra o Brasil

Escrito por em 05/09/2021

O descumprimento das normas sanitárias brasileiras, por quatro atletas da Argentina, provocou a suspensão da partida entre as seleções dos dois países, na tarde deste domingo, na arena Corinthians.

Os atletas Emiliano Martinez, Emiliano Buendia, Giovani Lo Celso e Cristian Romero, entraram de forma irregular no país, ao negar que estiveram ns últimos 14 dias, no Reino Unido, o que exigiria que fossem submetidos a quarentena. Três deles entraram em campo como titulares.

Ainda antes do jogo, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) notificou a Associação Argentina de Futebol (AFA), de que os quatro atletas não poderiam deixar o hotel em que a delegação argentina estava concentrada. Mesmo assim, todos foram para o local da partida.

O jogo foi interrompido logo aos quatro minutos de jogo. Em primeiro momento, os agentes brasileiros discutiram com o delegado da partida. Na sequência, os jogadores da Argentina se retiraram do gramado. Messi chegou a retornar ao gramado, mas já sem o uniforme.

A Portaria Interministerial nº 655, de 2021, prevê que viajantes estrangeiros que tenham passagem, nos últimos 14 dias, pelo Reino Unido, África do Sul, Irlanda do Norte e Índia, estão impedidos de ingressar no Brasil. A portaria é assinada pelos ministérios da Justiça, Saúde e Casa Civil.

Principal jornal argentino, o Olé, em seu site, classificou o episódio como papelão mundial e, apontou que a seleção brasileira apoiou a de Scaloni.

Em suas redes sociais, a Conmebol ‘lavou as mãos’, apontando que o árbitro suspendeu o jogo de uma partida organizada pela Fifa

O Clarín, outro importante veículo de comunicação argentino, também em seu site, aponta o ocorrido como papelão, citando inclusive os quatro jogadores que atuam na Premier League.

 


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]