Avião cai no Tocantins e mata, comandante, jogadores e presidente do Palmas

Escrito por em 24/01/2021

O futebol brasileiro amanheceu de luto, mais uma vez, por conta de um acidente aéreo. Um avião de pequeno porte, que levava parte da equipe do Palmas FC para Goiânia, caiu logo após a decolagem, em Porto Nacional (Tocantins), vitimando os seis ocupantes. Em nota, o Palmas informou que o avião decolou e caiu no final da pista da Associação Tocantinense de Aviação.

Morreram no acidente, o piloto, Comandante Wagner, o presidente do clube, Lucas Meira, e os jogadores Lucas Praxedes, Guilherme Noé, Ranule e Marcus Molinari.

Entre os atletas, Lucas Praxedes disputou a última série B paulista pelo XV de Jaú. O jogador tinha contrato com o Galo da Comarca até 30 de Junho deste ano e estava emprestado ao Palmas, para a disputa da Copa Verde. Em 2019, Praxedes fez parte do elenco do MAC, que conquistou o acesso à série A3.

O avião levava parte da delegação para o jogo desta segunda-feira, entre Vila Nova e Palmas, pela segunda fase da Copa Verde. Além disso, a equipe estava se preparando para o retorno do Campeonato Tocantinense, onde no jogo de volta da semifinal o Palmas fará o jogo contra o Araguacema, na quinta-feira, dia 28.

Os jogadores não tinham viajado com os demais atletas do elenco, uma vez que estavam se recuperando da Covid-19 e, só embarcaram após a liberação dos resultados dos novos testes de Covid-19, após o isolamento de 10 dias.

LUTO

Em nota, o Esporte Clube Noroeste lamentou profundamente o acidente ocorrido na manhã deste domingo (24), com o avião da equipe do Palmas Futebol e Regatas (TO), que tirou seis vidas: do piloto, quatro jogadores e o presidente do clube. “Pedimos orações e que Deus conforte as famílias do lateral-esquerdo Lucas Praxedes, 23 anos, do goleiro Ranule, 27 anos, o atacante Marcus Molinari, 23 anos, o zagueiro/volante Guilherme Noé, 28 anos, o presidente do Palmas (TO) Lucas Meira e o piloto, identificado por enquanto como “comandante Wagner”. #Força”, finalizou a nota.

Foto: Reprodução redes sociais

Praxedes jogou a última bezinha pelo XV de Jaú. Foto: Reprodução XV de Jaú


Opiniões dos leitores
  1. Selminha Rodrigues   Em   24/01/2021 at 15:22

    Meu Deus , 2020 foi um ano difícil, 2021 começou difícil novamente com toda desorganização e mais vidas “perdidas”…
    Misericórdia Senhor.

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]