Bauru não terá mais escola cívico-militar anunciada por ministros

Escrito por em 11/05/2022

Bauru não terá as prometidas escolas cívico-militares do Governo Federal. As escolas do município não teriam atendido as especificações do Programa Nacional de Escolas Cívico-Militares.

Em fevereiro do ano passado o ministro da Educação, Milton Ribeiro, o ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, e a prefeita Suéllen Rosim, reuniram a imprensa para anunciar a implantação de uma escola cívico-militar em Bauru. No entanto, o projeto não avançou.

Questionada, a prefeitura confirmou que está fora da lista de cidades que receberiam escolas cívico-militares. De acordo com a assessoria de imprensa da prefeitura, as escolas municipais não atendem às especificações do Programa. Acompanhe na reportagem de Gabriel Pelosi.

A reportagem ainda questionou quais as especificações que o município não teria atendido para aderir ao programa, mas não obtivemos resposta.

Leia mais:

  • MINISTROS ANUNCIAM ESCOLA CÍVICO-MILITAR, MUSEU E CENTRO DE INOVAÇÃO EM BAURU
  • MINISTRO MARCOS PONTES DEVE DEIXAR O CARGO SEM TIRAR DO PAPEL PROMESSAS FEITAS EM BAURU

    Crédito: Gabriel Pelosi/94FM


  • Opnião dos Leitores
    1. André Cunha   Em   11/05/2022 em 12:12

      Gazzetta gastou 28 milhões comprando áreas via secretária da Educação, a Suellen gastou outros 35 milhões comprando prédios de terceiros via corretagem e Bauru não tem nenhuma escola em condições para receber a escolas cívico-militares, cada povo tem o que merece!

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



    [Nenhuma estação de rádio na Base de dados]