Bauru se aproxima de mil mortes por Covid-19

Escrito por em 19/06/2021

A Prefeitura de Bauru, por meio do Departamento de Saúde Coletiva, confirmou mais cinco mortes de moradores provocadas pela Covid-19. Com isso, a cidade soma 997 óbitos desde o início da pandemia.
As vítimas são três mulheres e dois homens, sendo que um dos pacientes, de 47 anos, não possuía qualquer comorbidade.

Agora, a cidade contabiliza 49.304 casos confirmados da doença desde o início da pandemia, além de outros 215 casos considerados suspeitos, à espera do resultado de exames. Há ainda três mortes sob investigação, e até agora, 43.687 bauruenses conseguiram se curar.

Novos óbitos

ÓBITO: 18 DE JUNHO:
– Mulher de 47 anos, que apresentou início dos sintomas da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em 11/06/2021 e o resultado positivo para a COVID-19 foi divulgado no dia 18/06/2021. A paciente foi atendida em um serviço público da cidade e não possuía comorbidades.

ÓBITOS: 19 DE JUNHO:
– Mulher de 50 anos, que apresentou início dos sintomas da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em 11/06/2021 e o resultado positivo para a COVID-19 foi divulgado no dia 18/06/2021. A paciente foi atendida em um serviço público da cidade e possuía obesidade.

– Mulher de 52 anos, que apresentou início dos sintomas da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em 25/05/2021 e o resultado positivo para a COVID-19 foi divulgado no dia 10/06/2021. A paciente estava internada em um serviço público da cidade e possuía diabetes, cardiopatia e câncer.

ÓBITOS: 20 DE JUNHO:
– Homem de 90 anos, que apresentou início dos sintomas da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em 08/06/2021 e o resultado positivo para a COVID-19 foi divulgado no dia 18/06/2021. O paciente estava internado em um serviço público da cidade e possuía cardiopatia.

– Homem de 83 anos, que apresentou início dos sintomas da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em 10/06/2021 e o resultado positivo para a COVID-19 foi divulgado no dia 16/06/2021. O paciente foi atendido em um serviço público da cidade e possuía cardiopatia e pneumopatia crônica.

Marcado como

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]