Bauru tem ação pública pedindo compra de testes rápidos para detecção do coronavírus

Por on 23 de março de 2020

Mesmo com o anúncio feito no último sábado pelo Ministério da Saúde, de que pretende distribuir 10 milhões de testes rápidos para detecção do coronavírus, segue tramitando na 3ª Vara Federal de Bauru, uma ação civil pública protocolada pelo advogado bauruense e presidente da Comissão de Direitos e Prerrogativas da OAB Bauru, Carlos Alexandre de Carvalho, pedindo a compra dos kits necessários para a realização dos testes.
Para o advogado, esses testes devem ser utilizados em todos os casos suspeitos, conforme orientação da Organização Mundial de Saúde (OMS).

De acordo com o Ministério da Saúde, até o final do mês serão entregues cinco milhões de testes, que serão aplicados primeiramente em profissionais de Saúde e enviados às Unidades Básicas de Saúde. O Brasil já tem mais de 1.600 casos confirmados da doença e a previsão é de que o país possa atingir, 9 nove milhões de infectados, segundo especialistas.


Comentários

Escreva um Comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios*



Current track
Title
Artist

Background