Britney Spears não se apresentará novamente se seu pai continuar sendo seu tutor

Escrito por em 11/11/2020

Durante uma audiência na terça-feira (10.11.20), Samuel D. Ingham III disse: “Minha cliente me informou que tem medo de seu pai. Ela também afirmou que não se apresentará enquanto seu pai estiver no comando de sua carreira. Estamos realmente em uma encruzilhada.”

Em resposta, um dos advogados de Jamie, Vivian Lee Thoreen, acusou Samuel de impedir Britney de falar com Jamie.

A audiência foi realizada para determinar se Jamie permanecerá como co-tutor do patrimônio de Britney, mas a juíza Brenda Penny decidiu não suspender Jamie, embora ela tenha dito que o assunto pode ser discutido “mais adiante”.

No pedido original de Britney para que seu pai fosse removido de seu cargo, foi alegado que ela queria que a Bessemer Trust Company, que atualmente divide a responsabilidade com ele, se tornasse a única conservadora de suas finanças.

Os documentos do tribunal explicaram que a estrela, de 38 anos – que tinha outra pessoa no controle de seus assuntos pessoais e financeiros desde 2008 – foi informada que sua empresa de gestão, Tristar Sports and Entertainment Group, havia renunciado a representá-la em 28 de outubro e alegou que Jamie então contratou Michael Kane, da Miller Kaplan, para assumir o papel sem avisá-la ou dar-lhe a chance de entrevistar, revisar os termos de sua contratação ou considerar alternativas.

 

Fonte: Msn


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]