Bussola critica renovação da concessão ferroviária da Malha Paulista

Escrito por em 06/02/2020

Vereador Sandro Bussola criticou a autorização do TCU para a renovação antecipada da concessão ferroviária da Malha Paulista da Rumo Logística, que administra o trecho de Bauru até o Porto de Santos. O contrato que vencerá em 2028 pode se estender até 2058. Para o vereador, a renovação da concessão é prejudicial para a cidade, que não prevê nenhuma contrapartida pela exploração por mais 30 anos da ferrovia. Bussola aponta que o trecho administrado pela Rumo em Bauru é ponto de transtornos, como a proliferação do mosquito da dengue, local de enchentes e até ponto de tráfico de drogas.

Bussola lembrou ainda que na cidade de Araraquara a Rumo realizou investimentos, inclusive patrocinando a Ferroviária, equipe que disputa a Série A1 do Paulistão.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]