Câmara adia votação do parecer de ilegalidade sobre o IPTU Verde

Escrito por em 19/10/2021

Os vereadores sobrestaram por cinco sessões a votação do parecer de ilegalidade ao projeto de lei que institui o programa IPTU Verde e autoriza a concessão de desconto no imposto com incentivo ao uso de tecnologias ambientais sustentáveis. Os demais processos em pauta foram aprovados. Repercutiu na sessão da Câmara Municipal de Bauru desta segunda-feira a troca da chefia de gabinete com a saída de Patric Teixeira e a chegada de Rafael Fernandes. Acompanhe com o repórter Gabriel Pelosi.

O único projeto de lei em discussão foi aprovado em segundo turno, autorizando a prefeitura a doar uma área à empresa Massa da Feira.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]