Câmara articula com Prefeitura para que DAE assuma abastecimento no Vale do Igapó

Escrito por em 18/10/2021

O abastecimento de água no Vale do Igapó é um dos maiores imbróglios envolvendo essa região, que é composta por território de Bauru, Pederneiras e Agudos. Moradores reclamam que a conta de água que abastece o loteamento é paga ao empreendedor com valores mais altos do que o aplicado pelo Departamento de Água e Esgoto de Bauru. O abastecimento no local é viabilizado por um poço particular, já que discussões judiciais não permitiram que o DAE assumisse a responsabilidade pelo serviço. O vereador Marcelo Afonso quer articular com o departamento jurídico da prefeitura de Bauru, a Seplan e o DAE um meio para que o abastecimento do Vale do Igapó possa ser feito pela autarquia municipal.

A situação resulta, ainda, na perfuração de poços clandestinos para que famílias não fiquem sem água em casas do Vale do Igapó.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]