Câmara não votará taxa do lixo sem projeto de destinação final definido

Escrito por em 27/10/2021

A audiência promovida nesta terça-feira pela Câmara Municipal de Bauru discutiu tecnologias de coleta, remoção, transporte, tratamento e destinação dos resíduos sólidos no município. Empresas apresentaram tecnologias modernas na destinação final do lixo. O tema é debatido neste momento em razão da necessidade de aprovação até o final deste ano da criação da taxa do lixo. Os vereadores querem que a prefeitura defina a forma como será feita a destinação final dos resíduos coletados em Bauru, antes de propor a taxa do lixo. O presidente da Câmara, Markinho Souza, já declarou que não colocará em votação a proposta da taxa sem que o município tenha definido os custos da destinação final do lixo para os próximos anos.

O projeto de destinação final do lixo apresentado pela Caixa à Prefeitura ainda prevê a destinação de uma parte dos resíduos a aterros sanitários. Se a proposta não for utilizada pela Prefeitura, o município precisará pagar pelo projeto.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]