Casos de aglomerações estão ligados à negação da realidade, segundo psicóloga

Escrito por em 24/08/2020

Ligações sobre aglomerações neste período de pandemia da Covid-19 têm chegado com frequência à ouvidoria da Prefeitura de Bauru. De acordo com o levantamento feito pela Secretaria da Saúde, a pedido da 94FM, mesmo diante das baixas temperaturas, cerca de 46 denúncias envolvendo aglomeração foram registradas somente neste fim de semana em Bauru.
Você deve estar se perguntando, por que, apesar da pandemia, algumas pessoas não resistem às aglomerações? Sobre o assunto, a repórter Daiany Ferreira conversou com a psicóloga Mileine Cristina de Souza Lima. Vamos ouvir:

Uma pesquisa feita por especialistas da Universidade Duke, nos Estados Unidos, mostrou que as redes sociais, por exemplo, são uma saída para a nossa necessidade de interagir com outras pessoas. Embora conectar-se digitalmente não seja o mesmo que se envolver pessoalmente, podemos usar as redes sociais para nos reunir em tempo real, o que também ativará os hormônios da felicidade igualmente a uma noitada com os amigos. Mas cuidado para não exagerar!


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]