CEI do Plantão Médico é reagendada após ausências de parlamentares e ameaça

Escrito por em 24/09/2021

Na manhã desta quinta-feira (23), a Comissão Especial de Inquérito que investiga possíveis irregularidades nos contratos entre a Prefeitura de Bauru e a Fundação Estatal Regional de Saúde, promoveu a sétima rodada de oitivas. Somente o diretor administrativo financeiro da fundação, Ede Carlos Camargo, foi ouvido pelos membros da CEI. A prefeita Suéllen Rosim e o ex-prefeito Clodoaldo Gazzetta tiveram suas oitivas reagendadas. A sessão de depoimentos desta quinta foi interrompida ainda no período da manhã porque alguns vereadores precisaram se ausentar do plenário. A relatora, vereadora Estela Almagro avisou que estaria sofrendo ameaças de um munícipe e deixou o plenário para tomar providências. Acompanhe com o repórter Gabriel Pelosi.

João Paulo Issa e Gustavo Bugalho, que prestariam depoimento ontem, tiveram suas oitivas reagendadas para o dia 8 de outubro.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]