Com previsão de pico de casos, Gazzetta critica o desrespeito com isolamento social

Por on 3 de abril de 2020

O prefeito Clodoaldo Gazzetta fez um pronunciamento em tom de alerta nesta quinta-feira. Com mais sete casos suspeitos de Covid-19 e mais uma morte por Síndrome Respiratória Aguda Grave, Gazzetta e os secretários e técnicos que o acompanharam durante o pronunciamento em uma “live” no Facebook foi alarmista. Ele reforçou o momento gravíssimo que a cidade está passando, segundo ele, sem precedentes na história do município. Criticou pessoas que afrouxaram o isolamento social com caminhadas em pontos de grande circulação, como o calçadão da avenida Getúlio Vargas e a Praça Rui Barbosa. Sobre isso, um dos técnicos chegou a afirmar que são essas pessoas que vão “matar” os idosos, levando o vírus para dentro de suas casas. Gazzetta reforçou que as próximas duas semanas devem ser as mais críticas no que se refere ao contágio, sinalizando que pode prorrogar o decreto que exige o fechamento do comércio. Ele afirmou que a ouvidoria da Prefeitura já recebeu 1.031 denúncias de estabelecimentos funcionando indevidamente e que aqueles que já foram autuados passarão a ser multados se insistirem em funcionar durante a vigência do decreto. Sobre o tempo de espera para a realização dos exames, o prefeito afirmou que o Instituto Adolfo Lutz em Bauru tem apenas MIL exames no estoque, o que não é suficiente para a demanda da cidade. Gazzetta vai abrir entre hoje e amanhã um chamamento público para a aquisição de 30 mil testes para o coronavírus.


Comentários

Escreva um Comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios*



Current track
Title
Artist

Background