Com reajuste, salário de benefício e o de contribuição não poderão ser inferiores a R$ 1.039,00

Escrito por em 15/01/2020

Os benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) serão reajustados em 4,48%, com validade a partir de 1º de janeiro deste ano. Com o novo reajuste, o salário de benefício e o salário de contribuição não poderão ser inferiores a R$ 1.039,00, nem superiores a R$ 6.101,06. As informações foram publicadas na edição desta terça-feira (14) do Diário Oficial da União.

Com relação ao valor da cota do salário-família por filho até 14 anos de idade, ou inválido de qualquer idade, o valor do benefício passa a ser de R$ 48,62 para o segurado com remuneração mensal não superior a R$ 1.425,56.

Antonio Cruz/Agência Brasil/Agência Brasil


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]