Com reservatórios cheios, bandeira verde passa a valer em todo o país

Escrito por em 16/04/2022

Começou a valer neste sábado, a bandeira tarifária verde na conta de energia elétrica. Com a mudança, a bandeira de escassez hídrica, que vigorava desde setembro de ano passado, deixa de ser cobrada. O valor adicional nas contas de energia, gerava taxa extra de R$ 14,20 para cada 100 quilowatt-hora consumidos.

A expectativa do Ministério de Minas e Energia é de que até o final do ano, não será mais necessária a cobrança de outras bandeiras para acionamento das termelétricas.

Paralelamente a adoção da bandeira verde, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) iniciou na última quinta-feira, consulta pública para os novos valores da bandeira tarifária. Os novos valores sugeridos na consulta para cada 100 quilowatt-hora consumidos são os seguintes:

bandeira amarela passa de R$ 1,87 para R$ 2,92, aumento de 56%;

bandeira vermelha patamar 1 de R$ 3,97 para R$ 6,23, reajuste de 57%

bandeira vermelha patamar 2 de 9,49 para 9,33, redução de 1,7%.

A avaliação da proposta da Aneel pode ser feita até o dia 4 de maio.

Com informações Agência Brasil


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]