Conheça a Guarda responsável: procedimento que evita maus tratos e acidentes envolvendo animais

Escrito por em 31/01/2020

O recente ataque de um cão a um leiturista do DAE levantou o debate sobre guarda responsável de animais na cidade. Ele foi mordido por um Pitbull enquanto trabalhava na região do Tangarás. O adestrador Samuel Talon explica os cuidados necessários para evitar que cães de grande porte ataquem outras pessoas:

Thais Viotto, advogada e presidente do conselho municipal de proteção e defesa dos animais e da comissão de defesa e proteção animal da OAB Bauru, explica que o tutor do animal pode ser responsabilizado por qualquer dano causado por ele.

A orientação do DAE é que os moradores prendam os cachorros nos dias das leituras nos hidrômetros ou informem por meio de placas que há animais no local. A conta de água emitida pelo DAE possui a previsão de quando será feita a próxima leitura.

Foto: Divulgação


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]