Consumidores poderão aderir a Tarifa Branca, a partir de Janeiro

Por on 29 de dezembro de 2019

A partir da próxima quarta-feira, dia 1º, consumidores de energia em todo o país, poderão aderir a tarifa branca de energia. Essa modalidade existe para as unidades consumidoras com média anual de consumo mensal superior a 500 kW/h, desde 2018. Neste ano, o acesso foi liberado para aqueles que consomem mensalmente, 250 kW/h; e, a partir de 2020, será estendido para toda a população.

Com a tarifa branca, o consumidor passa a ter a possibilidade de pagar valores diferentes em função da hora e do dia da semana em que consome a energia elétrica. Ao centralizar o consumo no período fora de ponta, pode reduzir seus gastos com energia elétrica.

No caso de Bauru, abastecida pela CPFL, a cobrança da energia será dividida em três faixas de horário: o horário de ponta será tarifa vermelha, entre o fim da tarde e o início da noite; a faixa intermediária (amarela), uma hora antes e uma hora depois do horário de ponta, e o horário fora de ponta (verde), com custo mais baixo no restante do dia. Nos fins de semana e nos feriados nacionais, a tarifa de energia sempre será cobrada pelo valor fora de ponta.

A Tarifa Branca não é recomendada se o consumo for maior nos períodos de ponta ou intermediário e não houver possibilidade de transferência do uso dessa energia elétrica para outros horários.

Foto: Reprodução ecoa.org.br


Comentários

Escreva um Comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios*



Current track
Title
Artist

Background