COPINHA REVELA TALENTOS

Por on 14 de janeiro de 2019

Quem tem acompanhado os jogos da Copa Paulista – Copinha – deve estar satisfeito com a evolução que essa competição tem mostrado. Nós que a vivenciamos desde o começo, temos muito a comemorar.

A cada ano vem evoluindo em vários segmentos, desde o comportamento dos garotos em campo até o nível de futebol mostrados nas quatro linhas do gramado.

O que foi no começo um antro de violência, pancadarias e má qualidade, hoje esbanja futebol de alto nível, aliado a uma qualidade técnica invejável. Assistimos aos jogos como se estivéssemos vendo jogos dos adultos.

Mesmo clubes sem recursos, que lutam com dificuldade acabam praticando um futebol de primeira e não decepcionam absolutamente.
São revelações, novos craques para o futebol brasileiro. Será?

Infelizmente sim e não. São revelados sim, mas pouco ficam em nosso país. Somos hoje apenas um rito de passagem. Nossos craques do futuro são precocemente arrebatados pelas grandes equipes internacionais.

O reflexo disso é que a cada ano que passa, mais baixo vai ficando o nível dos nossos campeonatos, que passaram a ser de segunda mão.
Hoje não temos mais grandes equipes como sempre acontecia no passado.

Os garotos aqui revelados vão para os grandes clubes internacionais e esvaziam a alta qualidade que tínhamos em nossos certames internos.
Estamos sobrevivendo daqueles que já estão esgotados e vão retornando ao Brasil, onde encerram suas carreiras.

E esse sistema acaba refletindo na própria Seleção Brasileira, que nunca vai conseguir uma união psicológica de envolvimento total para disputar as Copas do Mundo.

Os jogadores que participam dessa diáspora estão muito mais comprometidos com seus clubes milionários, suas carreiras e por aí afora. Sobra pouco para dividir essa difícil tarefa com as necessidades da Seleção do Brasil.Afinal são competições episódicas e estão em segundo plano.

Marcado como

Comentários

Escreva um Comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios*



Current track
Title
Artist

Background