Dia Internacional da Mulher é celebrado em meio à crescente onda de violência contra vítimas do sexo feminino

Escrito por em 08/03/2022

Nesta terça-feira, comemora-se o Dia Internacional da Mulher. Mas, para além de uma data que celebra as muitas conquistas femininas ao longo dos últimos séculos, o dia 8 de março também serve como um alerta sobre os graves problemas de gênero, como por exemplo, o feminicídio. Segundo a União das Nações Unidas para os Direitos Humanos, o Brasil ocupa o 5º lugar no ranking mundial de feminicídio.

Esse cenário também é uma realidade em Bauru. Na sessão ordinária desta segunda-feira, a vereadora Estela Almagro relembra a explosão de casos da violência contra mulher durante a pandemia.

Na última sexta-feira, um áudio supostamente vazado do deputado estadual Arthur do Val, conhecido como Mamãe Falei, causou uma avalanche de críticas sobre suas declarações machistas. Em sua visita à Ucrânia, o parlamentar diz que as “ucranianas são fáceis porque são pobres”. Depois da repercussão negativa, o deputado retirou sua pré-candidatura ao governo de São Paulo.

Leia mais:

  • APÓS UM MÊS INTERNADA, MORRE EM BAURU A MULHER AGREDIDA EM QUARTO DE MOTEL
  • HOMEM SOLTO DURANTE “SAIDINHA” ATACA MULHER E É ESFAQUEADO PELA VÍTIMA

  • Opnião dos Leitores

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



    [Nenhuma estação de rádio na Base de dados]