Disney lançará filme sobre os Beatles dirigido por Peter Jackson em setembro

Escrito por em 14/03/2020

Os estúdios Disney adquiriram os direitos de distribuição mundial do aclamado documentário dos Beatles, anunciado anteriormente pelo cineasta Peter Jackson, e informaram que a produção será lançada no próximo mês de setembro.
A obra mostrará a amizade e o humor da produção do lendário álbum de estúdio da banda, “Let It Be”, e seu último concerto ao vivo como um grupo: a icônica apresentação no terraço do Savile Row, em Londres.
“The Beatles: Get Back” será lançado pelo Walt Disney Studios, a princípio, nos Estados Unidos e no Canadá, no 4 de setembro de 2020. O lançamento global deve ocorrer no mesmo mês.
O anúncio da obra foi feito nesta quarta-feira (11) por Robert A. Iger, presidente executivo da The Walt Disney Company, na reunião anual de acionistas da Disney.
“Nenhuma banda teve o tipo de impacto no mundo que os Beatles tiveram”, comentou Iger, ao destacar que o filme mostrará imagens restauradas “que parecem ter sido filmadas ontem”.
“Sou um grande fã, então não poderia estar mais feliz que a Disney possa compartilhar o impressionante documentário de Peter Jackson com o público global em setembro”, declarou ele, ao citar o consagrado diretor do filme. Jackson ganhou três prêmios Oscar individuais à frente da trilogia “O Senhor dos Anéis”.
“The Beatles: Get Back” é uma nova e empolgante colaboração entre os Beatles, a banda mais influente de todos os tempos, e reúne imagens retiradas de mais de 55 horas de imagens inéditas, filmadas por Michael Lindsay-Hogg em 1969, e 140 horas de gravações de áudio quase inéditas das sessões do álbum “Let It Be”.
Segundo Jackson, “trabalhar neste projeto foi uma descoberta alegre”.

“Eu tive o privilégio de ser uma mosca na parede, enquanto a maior banda de todos os tempos trabalha, toca e cria obras de arte. Estou emocionado que a Disney tenha se disponibilizado para ser nosso distribuidor. Não há ninguém melhor para ver nosso filme com o maior número de pessoa”, comentou.

Os dois remanescentes do lendário grupo também comemoraram a novidade. “Estou realmente feliz que Peter tenha vasculhado nossos arquivos para fazer um filme que mostre a verdade sobre a gravação dos Beatles juntos. A amizade e o amor entre nós se aproximam e me lembram o tempo maravilhoso que tivemos”, declarou Paul MacCartney.
Para Ringo Starr também comemorou. “Estou realmente ansioso por este filme. Peter é ótimo e foi muito legal ver todas essas filmagens. Houve horas e horas apenas rindo e tocando música. Houve muita alegria e acho que Peter mostrará isso. Acho que esta versão será muito mais tranquila e amorosa, como realmente éramos”, comentou o baterista, que formava o quarteto junto com Paul, John Lennon (morto em 1980) e George Harrison (falecido em 2001).

Fonte: correio24horas.com.br


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]