Doria quer que cidades liberem escolas públicas onde particulares retomaram aulas

Escrito por em 13/10/2020

O governador de São Paulo, João Doria, afirmou que não vai permitir que municípios autorizem a volta das aulas presenciais na rede particular e mantenham escolas públicas fechadas. A declaração foi feita durante sua visita a Bauru, para a inauguração do novo Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC). O governador respondeu à repórter Daiany Ferreira reforçando que “Ou abre para todos ou não abre para ninguém”, vamos ouvir:

Lembrando que, o prefeito Clodoaldo Gazzetta anunciou que as aulas presenciais da rede pública e particular de Bauru serão retomadas somente em 2021. Conforme a 94 noticiou, a medida vale para as aulas presenciais regulares do ano letivo e não afeta as atividades de acolhimento e reforço que estão permitidas apenas para as escolas particulares desde o dia 21 de setembro.

Promotoria

A Promotoria da Infância e Juventude de Bauru crê que não há condições ainda para retorno de atividades presenciais em escolas estaduais. Segundo o promotor Lucas Pimentel de Oliveira, esta é a conclusão após visitas em dois estabelecimentos educacionais, procedidas nesta quinta-feira. Em contato com o jornalismo da 94FM, o representante do Ministério Público diz que, embora o Estado tenha adquirido insumos e equipamentos de proteção individual, os servidores não foram treinados para cumprimento do protocolo sanitário. O promotor ainda disse que diretores entrevistadas, também por ele, dizem não sentir-se seguras para o retorno, justamente por falta de orientação técnica. Semana que vem, o Ministério Público também fará vistorias em escolas particulares.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]