Encontro discute visibilidade de população em situação de rua

Por on 17 de agosto de 2019

Com o objetivo de promover debates acerca da luta pela garantia de diretos para a população em situação de rua, bem como analisar avanços já alcançados, a Prefeitura de Bauru, por meio da Secretaria do Bem-Estar Social (Sebes), realiza a palestra “Direito à Cidade e Cotidiano: População em situação de rua, Políticas Públicas e Direitos”, na segunda-feira (19).

A atividade é uma parceria com a Casa do Garoto, por meio do Programa Capacita, e faz parte das discussões do Dia Nacional de Luta da População em Situação de Rua. O evento ocorrerá no auditório da Casa do Garoto, às 13h, e é voltado para profissionais que trabalham na área e para a comunidade.

Serviços municipais de atendimento a pessoas em situação de rua

Consultório Móvel

Desde 2018, a Prefeitura de Bauru é uma das únicas do país a possuir consultório móvel de rua com equipe multidisciplinar de médicos, psicólogos e enfermeiros para atendimento de pessoas em situação de rua. Este serviço oferece consultas clínicas para diagnóstico, curativos e prescrição de medicamentos, encaminhamento para unidades públicas de saúde e serviços sociais para assistência e tratamento.

A unidade móvel atende das 7h às 13h. De segunda, terça, quinta e sexta-feira no primeiro período da manhã a equipe realiza atendimentos nos serviços de acolhimento (Casa de passagem feminina e masculina, Albergue noturno e Centro Pop). Quarta-feira é realizado em duas praças municipais (praça das Cerejeiras e praça Rui Barbosa) sendo intercaladas quinzenalmente. No segundo período, o consultório circula diariamente pelos principais pontos de concentração dos moradores de rua e realiza a busca ativa.

Abordagem noturna

Todos os dias, as equipes da Prefeitura realizam atendimento para oferecimento de banho, alimentação, local apropriado para dormir e acompanhamento de profissionais como psicólogo e Assistente Social, para aqueles que aceitam ir para um Abrigo. A abordagem noturna também fornece cobertores e agasalhos para aqueles que não aceitam o serviço de acolhimento.

As Entidades conveniadas pela Prefeitura estão credenciadas para atendimento das pessoas em situação de rua, como Albergue Noturno, Comunidade Bom Pastor e Esquadrão da Vida, somando 100 vagas. O Centro Pop, local de atendimento diário das pessoas em situação de rua, e um ginásio municipal estão à disposição se as vagas nessas Entidades não forem suficientes.

Sobre o Dia Nacional de Luta da População em Situação de Rua

Entre os dias 19 e 22 de agosto, no ano de 2004, a cidade de São Paulo passava por um episódio que marcaria a luta por políticas públicas voltadas à população em condição de rua. Na Praça da Sé, 15 pessoas que utilizavam o local como moradia improvisada foram brutalmente atacadas, das quais sete morreram e oito ficaram gravemente feridas.

Desde então, o dia 19 de agosto foi reservado para ser o Dia Nacional de Luta da População em Situação de Rua, e o objetivo é dar visibilidade para questões de políticas públicos relativas a esta população.

Serviço
Palestra – “Direito à Cidade e Cotidiano: População em situação de rua, Políticas Públicas e Direitos”
Data: 19 de agosto
Horário: 13h
Local: Auditório da Casa do Garoto – Alameda Cônego Aníbal Difrância, 10-4, Parque Vista Alegre


Comentários

Escreva um Comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios*



Current track
Title
Artist

Background