Enrolado como cobra e sem trocadilho

Por on 27 de novembro de 2018

Dinheiro depositado em uma conta na justiça a quase 10 anos e que poderia ter sido utilizado em vários setores da cidade, inclusive na saúde e educação. Computadores obsoletos encaixotados, sendo corroídos pelo tempo e sem nenhuma perspectiva de utilização. O quadro que descrevemos anteriormente é resultado de uma discussão que se arrasta na justiça a quase uma década. Trata-se dos computadores adquiridos pela Câmara Municipal em um processo polêmico, sem licitação ainda sob a presidência do vereador Pastor Luiz. Em suas últimas decisões sobre o caso, o TJ confirmou a nulidade do processo e mesmo não tendo condenado o o ex presidente, determinou a devolução dos equipamentos, o que abriria caminho para a recuperação de cerca de 600 mil reais aos cofres do legislativo que, por consequência teria que devolvê-los à administração municipal. A Câmara Municipal, através de sua assessoria jurídica já tentou reaver os valores mas tem esbarrado em questionamentos da própria justiça ou do Ministério Público. A empresa Cobra Computadores teria sido notificada várias vezes para retirar os equipamentos mas não respondeu em nenhuma dessas tentativas. O atual presidente da Câmara, vereador Sandro Bussola garantiu à reportagem da 94 FM que o legislativo esta empenhado em recuperar esses valores e que após a decisão final do Tribunal de Justiça, não há mais motivos para o judiciário na liberar esses recursos.

Foto: Divulgação


Comentários

Escreva um Comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios*



Current track
Title
Artist

Background