Entidades bauruenses pedem mais critérios na revisão do Plano Diretor

Escrito por em 05/11/2020

Considerando alguns pontos ainda conflitantes entre o Plano Diretor e a Lei de Zoneamento, entidades bauruenses solicitaram ao presidente da Câmara, o vereador José Roberto Segalla, mais critério no processo de revisão do Plano Diretor, além de mais participação popular. Segundo representantes da Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos (Assenag), Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB) em Bauru, Secovi e Sinduscon, uma das preocupações é que a outorga onerosa pode aumentar o custo de imóveis novos e que as contrapartidas atuais já são elevadas. De acordo com Alfredo Neme Neto, presidente da Assenag, o que prejudica a conclusão da elaboração do Plano Diretor, além da pandemia, é a baixa participação popular e um diagnóstico mais completo, entre outros pontos. Ainda de acordo com ele, a Assenag fez vários contatos com a secretaria de Planejamento, mas muitos pontos ainda precisam ser esclarecidos.

Uma reunião está agendada para esta sexta-feira, às 10h, entre as entidades e a secretária de Planejamento, Letícia Kirchner, para discutir o novo Plano Diretor.

Crédito: Bruna Dias/Assenag/Divulgação

Marcado como

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]