Equipes realizam trabalho de sustentação do viaduto da Marginal Pinheiros que cedeu

Por on 18 de novembro de 2018

Fonte: Portal G1

Os trabalhos de sustentação da estrutura de concreto do viaduto que cedeu na Marginal Pinheiros e corre risco de desabar continuaram sendo realizados por equipes durante toda a madrugada deste domingo (18) na Zona Oeste de São Paulo. O local está interditado por tempo indeterminado.

Parte do viaduto cedeu dois metrôs na madrugada da última quinta-feira (15) deixando um degrau na via. Cinco veículos ficaram danificados por causa do desnível. Apenas um dos ocupantes dos veículos teve escoriações. O viaduto está localizado na pista expressa da Marginal Pinheiros, no sentido da rodovia Castello Branco, em frente ao Parque Villa-Lobos.

Equipes técnicas monitoram o viaduto que cedeu durante 24 horas por dia pois existe o risco de que ele possa desabar. A Companhia de Trens Metropolitanos (CPTM) interrompeu a circulação de trens entre as estações Pinheiros e Ceasa por causa do risco de desabamento. A interrupção teve início na última sexta-feira (16) e não tem prazo para abertura das estações Cidade-Universitária e Villa-Lobos/Jaguaré, que foram fechadas.

Nesta madrugada, funcionários trabalharam na parte de baixo do viaduto fazendo o escoramento do local.

Na parte de cima do viaduto, onde foram colocados tapumes e bloqueios para evitar a aproximação de carros e pessoas, ficaram equipes do Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e Polícia Militar (PM).

Como um trecho de 20 quilômetros da pista expressa da Marginal Pinheiros está interditado, o tráfego de veículos permanece liberado apenas na pista local da via, no sentido à Rodovia Castelo Branco. No fim da noite deste sábado (17), o fluxo foi mais intenso.

Viaduto na Marginal Pinheiros é pichado — Foto: TV Globo/Reprodução


Comentários

Escreva um Comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios*



Current track
Title
Artist

Background