Estudo de profissionais da construção faz levantamento das dificuldades burocráticas da Seplan

Escrito por em 23/05/2022

Técnicos de várias entidades e profissionais autônomos do setor produtivo da construção civil em Bauru, apresentaram o resultado de uma pesquisa realizada pela categoria, apontando as dificuldades encontradas na tramitação de processos na Secretaria de Planejamento.

O trabalho mostrou que há 43 projetos habitacionais de grande porte tramitando na prefeitura e, quase a metade deles deram entrada entre 2018 e 2020 e até agora não foram concluídos.

A apresentação do material, foi feita aos vereadores e gestores da Seplan, pelo arquiteto Márcio Colim e a engenheira Tânia Kamimura Maceri. Márcio Colim acredita que esse é o momento do executivo olhar para a Seplan, que é a cabeça pensante da cidade. O arquiteto falou sobre o estudo.

Números do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), relativos ao primeiro trimestre deste ano, apontam que a construção civil emprega em Bauru, 14.114 trabalhadores, cerca de 11,5% do total de empregados com carteira assinada na cidade, que é de 122.827 pessoas.

** Participaram do estudo, a Assenag, Sinduscon, Secovi, IAB, empreendedores e autônomos.

Saiba mais:


Opnião dos Leitores
  1. Sandra Regina Pimenta   Em   24/05/2022 em 17:14

    Uma das coisas que realmente está levando tempo, é a prefeitura deixar de trabalhar dentro de tanta burocracia , sem buscar maior conexão com seus próprios setores, como a Seplam , que com a planejamento, diminui as distâncias entre o que não é feito e precisa ser feito. É tempo da prefeitura não deixar de trabalhar os muitos problemas da cidade, por gastar tempo e muitos recursos dentro de tanta burocracia.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]