Evento discute ‘Negritude e Feminismo’ nesta sexta-feira, Dia da Consciência Negra

Escrito por em 20/11/2020

Cento e trinta e dois anos se passaram desde a abolição da escravidão, mas o Brasil ainda está longe de ser uma democracia racial. Presidente do Conselho Municipal da Comunidade Negra, Greice Luiz, destaca que o dia 20 de novembro, Dia da Consciência Negra, é uma data para refletir como que o negro sobrevive até os dias de hoje. Sobre o assunto, ela falou com a repórter Daiany Ferreira. Vamos ouvir:

Ainda nesta sexta-feira, Dia da Consciência Negra, o debate continua. Às 20h, acontece uma live com o tema “Negritude e Feminismo” no canal da OAB Bauru no YouTube. O debate contará com a presença de Sara Araújo, que ficou conhecida nacionalmente, neste ano, por ter sido alvo de racismo nos meios digitais, a ativista Nina Barbosa e o presidente da Comissão de Igualdade Racial da OAB Bauru, Mário Henrique da Luz do Prado também participam do debate.


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]