Falta de insumo e depósito contribuem para falhas no serviço de tapa-buraco do DAE

Escrito por em 06/01/2022

O período chuvoso aumenta os velhos problemas conhecidos pelos bauruenses, os buracos. Diariamente, a 94FM recebe mensagens de ouvintes reclamando de buraco aberto, seja por consequência das fortes chuvas ou provocados pelo DAE, quando faz reparos de vazamentos sem a devida reposição asfáltica.

Conforme a 94FM divulgou, as fortes chuvas abriram buracos nas ruas da Quinta da Bela Olinda, deixando as vias intransitáveis.

Já no Jardim Chapadão, moradores relataram que há quatro meses, o DAE prestou um serviço na quadra 7, da Rua Maria da Conceição, e até o momento, o asfalto não foi reposto, o que vem causando transtorno aos moradores da região, uma vez que a chuva aumentou o buraco na via.

Se por um lado, o que não falta é munícipe reclamando de buraco, do outro lado, servidores do DAE estão sendo criticados pela qualidade na prestação de serviço de tapa-buraco.

Valdecir Rosa, diretor do Sindicato dos Servidores Municipais, reconhece o aumento no número de buracos espalhados pela cidade, mas atribuiu a responsabilidade à administração municipal:

Procuramos o Departamento de Água e Esgoto (DAE) para se manifestar sobre as declarações do Sindicato dos Servidores Municipais, mas até o momento não tivemos retorno.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]